Seguidores

quarta-feira, 15 de maio de 2013

sábado, 4 de maio de 2013

Capixaba conquista 1º lugar em Olímpiada Brasileira de Matemática



Adolescente de 14 anos ficou em 1º lugar entre as escolas públicas.
Premiação acontece no próximo dia 19 de junho, no Rio de Janeiro.


A soma da paixão pelos números às boas notas no boletim escolar resultou no primeiro lugar na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obemep) ao capixaba Messias Onofre, de Castelo, no Sul do estado. Já com medalhas de bronze e de prata, o adolescente de 14 anos conquistou, em 2012, o lugar mais alto do pódio e foi consagrado o melhor do país em matemática. A cerimônia de entrega do prêmio acontece no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, no próximo dia 19 de junho.
Com livros e cálculos presentes no dia a dia de Messias, o menino contou que, quando estava no sexto ano do Ensino Fundamental, recebeu um incentivo extra aos estudos. "Sempre gostei um pouquinho de matemática e tive bastante facilidade, mas começou mesmo na Obemep, quando a minha professora da 5ª série que incentivou os alunos a fazerem a prova. Foi aí que eu comecei a gostar mesmo de matemática", disse o adolescente.
Messias junto com os pais (Foto: Reprodução/TV Gazeta Sul)Messias junto com os pais
(Foto: Reprodução/TV Gazeta Sul)
Os pais, que sempre acompanharam de perto a vida escolar do filho, esbanjam orgulho, mas afirmam que não deixam a cobrança de lado. "Sempre pressionei ele para estudar e sempre o cobrava para que ele fosse o melhor", falou o pai de Messias.
"Sempre cobramos bastante e ele também sempre compartilhou com a gente, ele gosta de estudar. Eu acho que ainda tem muito pela frente. Estamos apenas começando", declarou Maria Aparecida, mãe de Messias.
Depois de auxiliar o estudante na caminhada, a professora Rosângela Ferreira também não poupa elogios. "Ele se preparava a todo o momento e não tinha muito tempo para estudar em casa. Ele até relatou. Mas o momento que ele tinha era a escola e ele aproveitava ao máximo, nas aulas, nas explicações,  para resolver todas as atividades propostas", afirmou.O menino, que sempre estudou em escolas públicas, conquistou uma bolsa de estudos no Instituto Federal do Espírito Santo e vai cursar o Ensino Médio junto a um curso técnico neste ano.

Pesquisa realizada no site:
http://g1.globo.com